Alimentação em Nova York: 12 dias com U$ 110,00

A alimentação certamente é um fator que pode encarecer muito qualquer viagem. Uma refeição barata em Nova York, em um restaurante simples ou nas barraquinhas das ruas, custava entre U$ 7,00 e U$ 12,00 (o equivalente a entre R$ 27,23 e R$ 46,68) em agosto, quando visitei a cidade.

Como o meu objetivo era conhecer Nova York economizando ao máximo, já que essa não era uma viagem que eu esperava fazer e o dólar estava quase R$ 4,00 (paguei R$ 3,89 por todos os dólares que levei!), economizar na alimentação foi fundamental.

Já que fiquei hospedada em Airbnb, fui ao supermercado, cozinhei e levei comida e lanches na mochila todos os dias, além de tomar café na manhã na casa antes de sair.

Comidas-Trader-Joes-Nova-York

Achei que fosse gastar muito mais no supermercado, mas com U$ 22,77 eu comi durante 10 dos 12 dias (nos outros dias comia pizza, que é a comida mais barata por lá, quase sempre). Comprei comidas fáceis de fazer rapidamente, e não gastava mais do que 30 minutos, a cada dois dias, cozinhando.

Os nova-iorquinos têm o costume de comprar comida pronta nos supermercados e comer em alguma das milhares de praças espalhadas pela cidade. Era basicamente o que eu fazia, só que levava a comida do Airbnb. Achava uma praça, sentava e comia.

Além dessas refeições, anotei os lugares mais famosos de cada uma das comidas que eu queria experimentar e visitei um por dia na viagem.

Experimentei os que são considerados melhor cookie, melhor pizza e melhor cupcake de Nova York, além de alguns outros lugares famosos, mas não tão caros, como Magnolia Bakery, Shake Shack e McGee’s Pub (bar que os criadores de How I met your mother frequentavam e que foi a inspiração pro MacLaren’s Pub).

Sei que pra muitos a gastronomia é parte importante da viagem, mas como eu achei os preços com alimentação muito caros em Nova York, escolhi economizar. Gastei, no total dos 12 dias, U$ 110,02 (o equivalente a R$ 427,98) com alimentação, e poderia ter sido menos ainda se eu não fizesse questão de experimentar algumas das comidas famosas que comi.

Minha experiência me mostrou que, com certeza, é possível economizar na alimentação sem comer mal em Nova York.

E vocês, preferem economizar com alimentação, fazer turismo gastronômico ou tentam conciliar os dois?

Anúncios

4 comentários sobre “Alimentação em Nova York: 12 dias com U$ 110,00

  1. É por aí.
    Sou assim tb.
    Pretendo fazer uma viagem assim.
    Mas não sei falar inglês…por isso tenho receio de ir…
    Mas…parabéns!!!

    Curtir

  2. Excelente.
    Eu tento conciliar os 2.
    Economizar na maioria dos dias, mas me permitir umas 2 “extravagâncias gastronômicas” durante as viagens, em restaurantes mais caros.
    Não tenho esse ânimo pra cozinhar, as vezes como congelados no microondas e levo uns lanches não tão saudáveis (Lays e Oreo duplo, por ex). Mas lá nos EUA prefiro fast food. Vou nessas pizzas q vc indicou. Pretendo ainda comer nos carrinhos de comida indicados em sites (Tipo o Halal Guys).

    Curtir

  3. adorei as dicas que voce oferece em sua revista, ale´m de compartilhamento de experiencia nos ajuda muito no planejamento das viagens.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s